terça-feira, 24 de abril de 2012

FALTA DE CHUVAS JÁ AFETA SÃO JOÃO E CIDADES DO AGRESTE PERNAMBUCANO


Uma seria realidade se abate sobre o principal produtor de feijão de Pernambuco, segundo os estudos meteorológicos  para a região nordeste, onde os efeitos do fator climático el niño,vem agravar e prologar a seca, principalmente no agreste e semi arido de Pernambuco.
Já estamos com 29 cidades em estado de emergência, onde a falta de chuva  no agreste meridional vem tirando o sono de muitos agricultores e as previsões é que vamos enfrentar a maior estiagem dos últimos 30 anos.
  
O município de São João, o principal produtor de feijão de Pernambuco, sofre as consequências  da falta de chuva em pleno período de aração e preparação da terra, as chuvas e as tradicionais trovoada se quer acontecerão.
Em conversas recentes com os agricultores da região, tive a oportunidade  de ver em cada rosto a expressão de preocupação, pois os principais produtos gerador de renda do nosso agreste são o Leite, feijão e a criação de gado esse ultimo também depende das chuvas para ter pastos.
O efeito já começa a aparecer nas feiras livres e supermercados, que são os preços cada vez mais altos, da carne, do leite e seus derivados e principalmente do nosso bom e velho companheiro de todos os dias, o feijão.
Ainda bem que as autoridades já estão mobilizadas  para achar soluções, que venha fato amenizar o sofrimento desse povo forte e trabalhador, por todo esse período que está pra chegar, só nos resta pedir a Deus que seja breve.
Aqui fica meu apelo aos prefeitos das cidades afetadas pela falta de chuvas, que realmente faça valer a confiança que o povo lhe confiou , cobrando das suas bases estaduais e federais o devido socorro neste momento de grandes dificuldades que pode afetar a vida econômica, social e também politica da nossa região.
Quanto ao povo, cabe cobrar daquele que se diz lideranças comunitárias, vereadores e presidentes dos sindicatos dos agricultores, ações firmes, pois esperamos que as previsões dos homens não se cumpra e O DEUS TODOS PODEROSO MANDE CHUVAS PARA ESSE SERTÃO SOFREDOR, como cantor o poeta.
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário