quinta-feira, 22 de novembro de 2012

PARA TODOS QUE SE ENQUADRA NA DISCRIÇÃO ( ANÔNIMO )




O anônimo não tem nome...
Portanto não tem cara,
Não tem Alma,
Não tem endereço,
É um sem eira e nem beira!

Se é sem nome,
Sem cara...
É também sem teto,
Sem terra,
Sem chance?

Pois se sem cara,
Sem boca,
Então, sem voz!
Sem olhos,
Sem visão,
Sem ouvidos,
Nada ouve!
Sem caixa... A craniana!
Sem massa encefálica,
Sem massa corporal,
Nada sólido...
Dissolúvel!

O anônimo se manifesta,
Mas não tem atitude!
É o Troll: espírito de porco virtual!
É desse anônimo que falo:
Sem cara e sem a vergonha...
Sem pudor e sem limites...

Não é o praticante do bem
Que tenta preservar a vida,
Pois desse querem dar cabo sempre!
Não é o que preserva sua privacidade,
Não gosta de ser o foco!
Muito menos aquele que se envergonha!
Timidez!

É aquele outro!
Faz o mal feito,
Crê ser o certo, pois
Se lhe satisfaz
Está bom!
Faz...
Escondido!
Insatisfeito consigo mesmo,
Incapaz
,Avestruz...
Não existe,
Mas tenta aparecer!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Luciano Duque abre dissidência no PT, lança movimento #ForaPaulo e declara voto em Armando

Tendo à frente o prefeito de Serra Talhada, Luciano Duque (PT), lideranças políticas ligadas à vereadora do Recife Marília Arraes (...